Browsed by
Categoria: Carreira

5 Dicas para ter um grande ano

5 Dicas para ter um grande ano

O ano já começou com tudo, muitas novidades e mudanças, é hora de aproveitar esse clima e preparar para que 2018 seja um ano só de conquistas e que você e sua empresa rumem para outro patamar de liderança. Então para que o ano de 2018 seja o SEU ano, separamos 5 conselhos de empresários de sucesso.

1 – Steve Jobs – Contrate pessoas inteligentes: O primeiro conselho da nossa lista é do falecido Steve Jobs, um dos homens mais influentes do mundo e que revolucionou a forma que nós nos comunicamos e para ele, a melhor forma de começar a estrada para o sucesso é contratando gente inteligente e deixando espaço para que elas se destaquem e possam te ajudar no crescimento do seu empreendimento.

2- O CEO do LinkedIn, Jeff Weiner utilizou o seu twitter para dar um pequeno conselho aos seus seguidores: é importante dar atenção a três coisas, saúde, amor e tempo. Segundo Weiner, esses três princípios nortearam o sucesso da sua carreira.

3- Três dos maiores líderes mundiais, Bill Gates, Richard Branson e Warren Buffet tem a mesma opinião, quem quiser ter sucesso é fundamental ter uma comunicação efetiva.

4 – O Chefe executivo da Levi Strauss & Co., Chip Bergh declarou que o que impede o escritório de ter um ambiente tóxico é a transparência entre colaboradores e gestores. É importante que os processos sejam claros dentro da empresa e que sua equipe conheça todos eles para que juntos atinjam o sucesso.

5- Na era das Máquinas, o Ser Humano é fundamental: Jack Ma, CEO do Grupo Alibaba. Segundo Ma, inteligência emocional é mais relevante que QI. Mesmo as máquinas mais poderosas não conseguem tomar decisões baseadas em compaixão e amor, coisas que para humanos será sempre mais fácil.

Desafios para manter sua empresa no auge

Desafios para manter sua empresa no auge

Os desafios de um empreendedor não acabam quando a empresa passa a gerar lucro. O sucesso de uma empresa não depende só de um início bom, mas também de toda a sua jornada. Os obstáculos passam por questões ligadas desde um fluxo de caixa organizado, passando por treinamento de funcionários, indo até questões relacionadas à expansão da empresa e decisões cruciais e importantes neste meio do caminho.

Confira algumas de nossas dicas para você superar os desafios e levar sua empresa adiante:

1 – Como prospectar novos clientes:
O início é sempre complicado para uma empresa nova. Mesmo que em um mercado consolidado, enfrenta muitos obstáculos e sempre surge aquela grande dúvida: como conseguir novos clientes?

É necessário investir em novas formas de atrair e captar clientes, uma das apostas é o bom e velho marketing, porém, claro, adaptado aos novos tempos, como o marketing digital, que utiliza as diversas ferramentas da internet como redes sociais, blogs, site institucional e conteúdos relevantes para promover o negócio como um todo. Esta estratégia, quando bem planejada, não demanda tanto investimento e traz resultados excelentes.

2 – Treinar os antigos funcionários

Quando você, empreendedor, está estabelecido, um dos desafios é capacitar os funcionários que estão ao seu lado desde o início na empresa. E caso não faça, você pode perder algum grande talento ou aliado na construção do empreendimento. Uma boa sacada é desenvolver um programa de desenvolvimento pessoal, separar a equipe em grupos e oferecer workshops, ciclos de palestras e capacitações durante o ano.

3 – Seja sempre um grande LÍDER, e não apenas chefe.

A capacitação é extremamente importante, mas não enxergar um rumo para o negócio desmotiva ainda mais os colaboradores. É aí que um grande líder deve entrar em ação e enfrentar as diversas áreas do empreendimento para chegar onde é preciso, mostrando os caminhos aos seus liderados de forma estruturada e plena, não apenas na base de ordens.

4 – A empresa precisa estar organizada
Um dos grandes desafios das empresas estabelecidas é desenvolver processos claros para seus funcionários. O gestor deve difundir os valores, missões e a visão da empresa para resgatar o DNA da mesma e colocar estrategicamente as pessoas certas nos lugares certos.

5 – Priorize esforços e saiba quais ofertas rejeitar

Saber quando dizer NÃO é essencial. Para tal, é necessário ter disciplina e saber aonde se quer chegar, além do que você necessita para atingir seus objetivos. Muitas vezes você pode receber ofertas que no final acabaram por fazer o negócio perder o foco. Saiba avaliar estes momentos com calma e sabedoria.

6 – Agregue VALOR aos seus produtos/serviços, e não somente preço.

Esta é uma caminhada que deve ser constante. Oferte valor ao seu cliente, não somente preço. Pesquisas dizem que o valor é a diferença entre o preço que você cobra e os benefícios que o cliente percebe que obterá. Se o cliente perceber que obterá muitos benefícios pelo preço pago, sua percepção de valor será bastante elevada.

Na maioria das vezes o cliente quer preço, desconto e prazo. É um pedido legítimo. Por isso sempre demonstre e valorize a qualidade do seu produto e seja sincero em dizer no quê ele é melhor do que o do concorrente. Por isso, lembre-se: Não venda preço, venda valor!

7- Durante uma crise econômica: cresça e lide com cortes

É essencial, durante crises, que o empreendedor saiba como lidar com corte de custos. Às vezes é melhor jogar limpo com a equipe, informando sobre cortes necessários, até envolvendo cortes na própria equipe, outras vezes em projetos e produtos. Outro fator importante durante uma recessão, é continuar crescendo, talvez seja uma das maiores dificuldades imposta ao empreendedor. Mas é importante durante esse momento, desenvolver uma boa estratégia de negócio.

Essas dicas são essenciais para continuar levando seus negócios ao sucesso. Não basta iniciar com pé direito, é fundamental que a sua jornada de negócios seja extremamente bem sucedida.

Obama: Quatro passos para ser como ele

Obama: Quatro passos para ser como ele

Barack Obama é considerado um dos maiores presidentes do Estados Unidos, com ideias inovadoras e extremamente carismático. O agora ex-presidente de uma das maiores democracias do planeta dedica parte do seu tempo para ensinar outros a serem grandes líderes como ele.  Em parceria com a sua esposa Michelle Obama, fundou a Fundação Obama, uma startup de cidadania, promovendo uma série de workshops pelo mundo, ensinando jovens a serem líderes de impacto, criando uma mudança positiva e concreta em suas comunidades.

As 4 lições de Barack Obama

1) Saiba contar a sua história –

Contar a sua história vai além de contar a sua cidade de origem ou onde você trabalhou. Separe os fatos que mais te marcaram. Revisite a sua história, reflita como cada decisão diferente impactou na sua história. Esse processe exige muito autoconhecimento e ajudará a entender quem você é e qual o seu propósito e o que te levará a ser um líder de impacto.

2) Entenda como o cenário a sua volta interfere na sua trajetória –

Depois que você se conhece, agora é hora de reconhecer o ambiente em que você está. Pense no seu bairro de origem, nas questões sociais que impactam você diariamente. É a partir dessa reflexão que o jovem entende os aspectos sociais envolvidos nas situações cotidianas.

3) Crie um plano para se tornar um líder –

A Fundação Obama tem como um dos pilares da instituição está a forma de “aprender fazendo”. Um exemplo disso é se o jovem quer aprender sobre democracia, a melhor forma de aprender é engajar-se em  atividades ligada ao tema. Assim o jovem consegue montar planos de ações tendo a experiência necessária. Ele saberá reconhecer fatores que influenciam questões sociais, quais iniciativas deverá tomar e os passos essenciais para executar tais ações.

4) Conheça organizações locais –

É hora de entender como os outros trabalham e aprender com suas ações e seus erros. Aprender com quem já fez, permite conhecer a fundo as formas de atuação e entender seus modelos de negócios, além de servir de inspiração, como Barack Obama.

Habilidades: As competências dos grandes

Habilidades: As competências dos grandes

Existem uma série de habilidades que te ajudam a chegar no TOPO da sua carreira. Aumentam seu desempenho e definem o seu sucesso! O seu êxito profissional depende de como você reúne o máximo dessas competências.

As habilidades que te ajudam a chegar no topo

Voz clara e objetiva

Uma das habilidades que as grandes empresas requerem: é que os grandes líderes tenham uma excelente comunicação. Uma conversa franca e clara, fará com que o líder consiga transmitir os objetivos da organização e as motivações pessoais. O primeiro passo é aprender a ouvir os outros, quando você compreende os seus colegas e chefes, sua cabeça se abre para outro mundo, se abre para o caminho da inovação e aumenta o pensamento criativo.

O que move você?

Quando seu objetivo é importante, você consegue transmitir energia e entusiasmo para quem os cerca.  Os gestores devem gerar significado para o trabalho. Encontre um ponto motivador, quando você não tem um motivo, você não inova e tem queda de produtividade. Perceba o que realmente te faz levantar da cama todos os dias.

Olha critico

Saiba ler e interpretar as diversas situações. O poder da análise é FUNDAMENTAL para os grandes líderes. Interprete as variáveis, relacione e crie um plano de ação estruturado. Faça a ponte entre os acontecimentos de dentro e fora da empresa.

Líder e educador

Líderes que estimulam a autonomia de seus colaboradores são seguidos com mais facilidade. Busque a admiração do seu time. Faça com que eles não tenham medo de compartilhar o conhecimento, isso te ajudará a criar sucessores bem preparados.

Ligação com o Mundo

Quem consegue criar conexões entre vários grupos distintos consegue se destacar. Não só no desenvolvimento organizacional, mas essa habilidade é importante para a vida fora da empresa também. A aptidão para conviver com gente de diferentes círculos é a base do bom desenvolvimento social. Você deve investir também em conhecer pessoas que, aparentemente, não têm nada a ver com a sua área.

Pensar positivo

Cada situação de crise pode render uma atitude positiva, você com toda a certeza aprenderá com ela e não repetirá esse erro no futuro. Quem se considera otimista se sente mais preparado para encarar riscos e liderar futuras mudanças. É necessário permanecer otimista, mas manter sempre os pés no chão.

Disposição Total

Tenha garra para cumprir as suas metas, energia é importante para o desenvolvimento profissional e para a satisfação com a vida. Essa é uma das habilidades que tem menos adeptos, pois requer tempo, autoconhecimento, mudanças profundas e muito pessoal.

A importância de conduzir

Motivar a sua equipe a cumprir um objetivo comum não é algo fácil. Quem consegue esse feito é detentor de uma habilidade de poucos grandes líderes, que é a habilidade de engajar os liderados. Isso pode ser um fator diferencial na empresa, mudando o rumo do empreendimento diante de uma possível crise.

Procure desenvolver os pontos fracos que você acredita que tem e melhor cada vez mais os pontos fortes, isso te ajudará a chegar no topo! Conheça nosso blog e conheça outros conteúdos que podem mudar o rumo do seu empreendimento.

Ofertas de emprego: Saiba como receber mais

Ofertas de emprego: Saiba como receber mais

Todos nós gostaríamos de ter muitas ofertas de empregos, mas isso nem sempre é viável. Você certamente já percebeu que algumas pessoas estão sempre recheadas de muitas ofertas de empregos? Há quem ache que seja sorte, outros acabam achando que são menos qualificados, o que muda é que essas pessoas mudaram a forma como abordam a busca por empregos e essa mudança de abordagem traz inúmeros benefícios.

Confira 3 dicas úteis para você mudar sua abordagem em relação as ofertas de empregos

1 – Aproximação:
Quando esses profissionais buscam os seus empregos, tratam logo de se aproximar de pessoas que estejam exercendo a mesma função ou cargos de gerencias nas empresas as quais tem interesse. Networking é fundamental nessas horas, às vezes quando você estabelece uma relação com um futuro colega, um gerente é possível que na hora de uma seleção eles já passem o seu nome adiante, garantindo assim uma futura oferta.

2- Faça a lição de casa:
É FUNDAMENTAL conhecer a empresa para a qual se quer trabalhar. Saber o posicionamento delas, seu ramo de atuação. Então antes de sentar na frente do entrevistador, sente na frente do computador e visite as páginas nas redes sociais, o site da empresa, pesquise notícias na imprensa. Quando o entrevistador questionar você sobre algum aspecto da empresa, é a sua chance de impressionar ele, mostrando todo o seu conhecimento a respeito do seu futuro local de trabalho.

3- Eles sabem onde querem chegar
Você sabe o tipo de emprego que procura? Ou o ambiente que quer trabalhar? As pessoas que recebem diversas oportunidades de emprego, procuram sempre no local certo, eles têm em mente aquilo que querem e acabam não aceitando qualquer proposta. É importante salientar que você as vezes precisará fazer ajustes ou abrir mão de algumas coisas, mas saber onde se quer chegar já um bom caminho andado.

Esperamos que essas dicas façam que vocês consigam o emprego IDEAL. Aqui no nosso blog é possível encontrar mais dicas como essas.

Como superar a ansiedade para falar em público

Como superar a ansiedade para falar em público

O medo de falar em público é muito mais comum do que a gente imagina. Inclusive, ele não se limita a estar na frente de uma multidão. Pode se manifestar em pequenas tarefas da rotina, como, por exemplo, na hora de apresentar um projeto em uma reunião de trabalho para um grupo menor de pessoas.

E geralmente tal medo é acompanhado de ansiedade. Mãos suadas, voz trêmula, inquietação, movimentos acelerados. São alguns dos indícios de que o nervosismo está acima da média e pode até prejudicar a fala ou apresentação.

Além dos sintomas físicos, a pessoa pode se sentir invadida por uma série de pensamentos negativos. Ela não se sente capaz e pensa em mil possibilidades para sair daquela situação de extremo desconforto. E não importa o quão preparada ela está para falar ou quanto domínio possui sobre determinado conteúdo. O grande problema é falar na frente dos outros.

 

A ansiedade como limite a ser superado

ansiedade-para-falar-em-publico

Muitas pessoas, mesmo sem perceber, acabam deixando que a barreira da comunicação chegue a afetar seu trabalho e até vida pessoal. Recusam oportunidades importantes pelo receio de ter que se posicionar diante de outras pessoas para se expressar. Em situações assim, a ansiedade para falar em público pode ser um fator que limita a carreira, um verdadeiro obstáculo no caminho do sucesso.

Afinal, fugir da situação pode ser um alívio imediato. Contudo, a médio e longo prazo, não resolve o problema. Especificamente na vida profissional é inevitável: em diferentes situações as pessoas precisam se expor diante de clientes, colegas, de um público geral. Não é algo exclusivo de uma posição de liderança, faz parte da carreira nas mais diversas profissões e cargos. Então, não tem como escapar!

 

Dicas e estratégias para falar em público sem medo

falar em publico estrategia

Mas como superar a ansiedade e vencer o medo de falar em público? Existe alguma fórmula mágica? Provavelmente não! Entretanto, algumas dicas e estratégias podem ajudar a transformar a ansiedade em algo controlável. Confira:

1 – Prepare-se: uma coisa é certa… se você tiver domínio do conteúdo ou da apresentação que será dirigida ao público, a ansiedade provavelmente será um pouco menor. Isso porque assim você vai focar a sua atenção no desafio de falar em público e vai poder dar ênfase nas estratégias de controle de ansiedade. Então, organize o que vai falar e capriche na apresentação, se for necessário.

2 – Desafie-se: falar para 100 pessoas pode parecer aterrorizante em um primeiro momento. Então, que tal começar com um projeto para seu time de trabalho com menos de 10 pessoas? Desafie-se a sair da zona de conforto aos poucos e proponha a você mesmo pequenos testes em situações não tão desconfortáveis, para começar. Vá aumentando a ousadia a cada barreira vencida, aperfeiçoando as técnicas de controle de ansiedade.

3 – Comece a controlar a ansiedade fisicamente: os sintomas físicos geralmente são os primeiros indícios de que a pessoa está ansiosa. Eles acabam contagiando o emocional e colaboram com a sabotagem pessoal. Então, foco neles!

Comece com a respiração, pois ela pode inclusive prejudicar e acelerar a fala, deixando a pessoa ofegante e sem ritmo para se expressar. Concentre-se em inspirar e expirar lentamente, desligando a mente da apresentação ou situação que exige que você fale em público. Pense em coisas que acalmem e seu corpo entenderá a mensagem para ir relaxando.

4 – Aposte no poder da expressão corporal: uma pessoa ansiosa fica tensa, com os ombros encolhidos e é notável o desconforto através da sua postura. Então, tente manter os ombros abertos e coloque um sorriso no rosto. Leve de fora para dentro a confiança que você precisa para superar o medo que antes parecia paralisar.

5 – Fale com você: pode parecer estranho, mas ajuda a relaxar e leva confiança para a sua mente. Diga para si frases como: “Eu estou confiante e vou me sair bem”. Busque na positividade uma forma de se empoderar.

6 – Conheça o local da apresentação: se você for falar em público em um lugar desconhecido, tente chegar antes para dar uma caminhada e conhecer o espaço. Isso vai ajudar a controlar a ansiedade e dar segurança.

7 – Teste os equipamentos: sua apresentação vai exigir microfone ou algum outro recurso? Então, teste tudo antes para ficar tranquilo. Assim, será uma preocupação a menos nos minutos antes da apresentação, que geralmente são marcados pelo ápice da ansiedade.

8 – Vá ao banheiro: a ansiedade pode dar aquela vontade de ir ao banheiro minutos antes de começar a sua fala. Então, se possível, programe-se para dar aquela passadinha no toilet mesmo sem muita vontade. Se ainda estiver muito tenso, lave o rosto com água fria para ajudar a relaxar.

 9 – Tenha água com você: água em temperatura ambiente limpa a garganta. Tome um gole antes de começar a falar e mantenha uma garrafa por perto, caso fique com a garganta seca pelo nervosismo.

Lembre-se que falar em público é um exercício e dominar a ansiedade uma vez não significa que está tudo resolvido. É um processo que pode levar tempo, mas com certeza a sua confiança será mais notável a cada passo dado para vencer as barreiras que podem estar impedindo o seu crescimento profissional.

Saiba que a oratória pode ser uma aliada fundamental na hora de buscar o seu diferencial no mercado de trabalho. Acredite em você e no seu potencial para crescer! Não deixe o medo dominar a sua vontade de vencer novos desafios a cada dia.

 

NÃO DESISTA! Como ser mais persistente diante dos desafios

NÃO DESISTA! Como ser mais persistente diante dos desafios

Você quer e sente que precisa ser mais persistente, mas não sabe por onde começar? Então nós vamos ajudar! Saiba que a vontade de desistir é normal e faz parte do caminho para os seus sonhos. No entanto, existem estratégias que vão contribuir quando o desânimo bater, mantendo a motivação e o foco para crescer e ir além.

VONTADE DE FUGIR: O QUE NÃO ESTÁ NOS CASES DE SUCESSO

Você com certeza já deve ter visto em uma revista, na internet ou outro veículo de comunicação uma história de sucesso impactante. Alguém que saiu do zero e alcançou seu grande sonho. Geralmente histórias assim mexem com a gente e dão uma dose extra de motivação.

Contudo, tem algo que não é citado ou se está lá aparece sem destaque: a vontade de fugir, largar tudo e abandonar um projeto ou objetivo diante das dificuldades que surgem. Assim, a trajetória para o sucesso parecer simples e mais fácil do que na verdade é.

Você olha para o case de sucesso e compara com a sua jornada. O que surge na sua mente? Por que para você não é assim? Por que você pensa em desistir (várias vezes, inclusive)?

Saiba que com certeza os grandes empreendedores e as pessoas de sucesso já pensaram em desistir. Mais do que isso: muito desistiram mesmo e tiveram a realização persistindo em outra ideia ou projeto. Só que isso nem sempre está nos cases das revistas ou da mídia. Por isso, não desanime!

 

4 RAZÕES PARA PERSISTIR

A persistência é essencial para uma jornada de sucesso. Mesmo diante das dificuldades, frustrações e dos problemas externos que podem surgir você precisa manter a garra e a vontade ao perseguir a sua felicidade.

E para ser mais persistente, 4 razões podem abastecer a sua motivação. Confira e lembre-se sempre:

1 – É melhor tentar e falhar do que nunca tentar: isso envolve sair da zona de conforto e aprendizagem. Afinal, uma vez errando conseguimos absorver novos conhecimentos e uma bagagem para não repetir falhas. Sem falar que o erro às vezes no leva a um caminho novo que jamais teríamos descoberto se apenas esperássemos sentado algo acontecer.

2 – Falhar não significa que você não é capaz: uma falha geralmente está associada com o fracasso ou a incapacidade. Lembre-se que não é nada disso! Todos cometem erros. A diferença é o que você vai fazer diante de um erro: ignorá-lo e repetir as falhas no futuro ou aprender com ele e aplicar isso para mudança?

3 – Sempre vão existir pessoas que vão querer que você desista: ao invés de ver isso como um motivo a mais para abandonar uma ideia, use como motivação para seguir firme. Escute os outros, pondere opiniões, mas nunca deixe de confiar em você mesmo. Só você sabe o que se passa na sua mente e coração!

4 – Inspire as pessoas: deixe a sua motivação inspirar quem está ao seu redor. Mostre através do exemplo da sua persistência que as outras pessoas também podem construir uma trajetória vencedora, de otimismo e vontade!

 

 

ESTRATÉGIAS PARA SER PERSISTENTE

Agora que você já tem novas razões para ser mais persistente e encarar os desafios que vão levá-lo ao sucesso, conheça estratégias que vão mandar a vontade de desistir para bem longe:

– Tenha claro o que motiva o seu caminho: tenha sempre objetivos claros e definidos. Listas em papel podem ajudar. Com isso, analise as suas motivações. Uma boa dose de paixão é sempre importante, pois servirá como motivação a mais. Sempre que pensar em desistir, coloque em mente cada razão que o leva ao seu sonho.

– Saiba equilibrar expectativas: uma expectativa não alcançada pode gerar frustração e desânimo, levando um passo mais perto da desistência. Por isso, tente equilibrar o que você deseja com o que é realista e de fato possível. É o que se diz: “pés no chão e cabeça nas nuvens”. Tente conciliar ambos!

– Seja compreensivo com você mesmo: vários fatores externos podem interferir na nossa performance e isso pode afetar diretamente nos resultados alcançados. Por isso, tenha calma e compreensão com os momentos vividos, sabendo que às vezes um projeto pode ser um pouco adiado e isso não necessariamente significa desistir.

por maior que seja um objetivo, na trajetória até ele você com certeza terá pequenas conquistas que precisam ser celebradas e reconhecidas. Use isso para abastecer a sua energia e como fonte de motivação.

– Reconheça a estrada percorrida: toda vez que a vontade de desistir bater olhe para trás e veja até onde você já chegou! Reconheça o caminho como parte do todo e sinônimo de vitórias constantes.

Saiba que ser mais persistente é algo que depende de você. Aprenda a trabalhar a sua mente para identificar a vontade de desistir e quando o desânimo está chegando. Adiante-se para virar o jogo com muita motivação. Lembre-se: a vitória pode estar poucos passos na frente. Acredite!

 

Você é uma profissional bem-sucedida? Confira 4 passos para se tornar uma!

Você é uma profissional bem-sucedida? Confira 4 passos para se tornar uma!

Como você define o sucesso? Quando pensamos na profissional bem-sucedida, algumas imagens costumam aparecer na nossa mente. É a mulher de terninho em um escritório elegante ou coordenando uma reunião com muitos gráficos e quadros. É a que lidera, planeja e executa com maestria.

Mas será que é isso mesmo? Já tem um tempo que o fato de ser bem-sucedida passou a ser muito mais relacionado com um equilíbrio do que as fotos perfeitas das revistas com os cases de sucesso do mercado de trabalho. A nova geração de profissionais quer estar além do cargo respeitável e de liderança.

O conceito de sucesso profissional está muito mais abrangente e também relacionado com uma vida saudável, bons hábitos, tempo para cuidar de si e da família. O dinheiro é uma consequência, inevitavelmente, mas que nem sempre está no centro das decisões profissionais.

Se antes ser bem-sucedida tinha relação direta com estar sempre ocupada e estressada, agora a imagem é diferente. Envolve os relacionamentos pessoais, a autoestima e objetivos a médio e longo prazo.

As mulheres foram condicionadas a acreditar que era só uma questão de persistência e querer chegar lá. Mas lá onde? E, além disso, existem obstáculos que não podem ser esquecidos e que tornam o chegar lá um pouco mais distante para elas.

 

Mulheres no mercado de trabalho

 

profissional-bem-sucedida

Muito se fala sobre igualdade de gênero. No mercado de trabalho, o tema é extremamente relevante, uma vez que as mulheres ainda ganham, em média, 77% do que ganham os homens. O dado faz parte do relatório “Mulheres no trabalho: tendências de 2016”, produzido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Segundo a pesquisa, a diferença pode estar relacionada com a desvalorização do trabalho realizado pelas mulheres, a discriminação e a necessidade das mulheres interromperem a carreira ou reduzirem horas de trabalho remunerado para cumprirem responsabilidades domésticas ou relacionadas aos cuidados com os filhos. O relatório confirma estimativas de que seriam necessários mais 70 anos para acabar com a disparidade salarial de gênero.

Em tal contexto, ser uma profissional bem-sucedida é um objetivo com algumas barreiras extras. Por isso, as mulheres devem buscar diferenciais e características que podem fortalecê-las na trajetória profissional e na busca pelo que elas entendem por sucesso.

 

As qualidades de uma profissional bem-sucedida

 

mulher-bem-sucedida

 

Algumas características e qualidades podem ajudar no caminho da realização profissional. Veja quais são e as encontre dentro de você:

  • Paixão: tudo bem que a razão é importante na hora de tomar decisões. No entanto, é aquela dose de paixão que vai ser a diferença entre o fazer acontecer e o esperar. Pode dar errado? Pode e muitas vezes dá mesmo. Contudo, aprender com os erros também faz parte. E se der certo? Tem vezes que vale o risco.
  • Impaciência: a profissional bem-sucedida não se acomoda por muito tempo. Está sempre em busca de novas possibilidades, mesmo que isso às vezes signifique desconstruir o que já está posto como certo. “Mas e se?” é uma pergunta constante.
  • Flexibilidade: ser flexível para mudar de ideia, rever conceitos e, às vezes, dar um passo para trás. Em alguns momentos os planos são tão fechados e definidos que não enxergamos coisas muitos maiores que podem acontecer com um pouco de flexibilidade.
  • Determinação: está relacionada com a impaciência e a vontade de ir atrás. Ter objetivos a curto, médio e longo prazo pode contribuir aqui.

 

4 passos que vão levar você ao sucesso

 

 

Agora que você já conhece algumas das qualidades que fazem a diferença na busca pelo sucesso, confira 4 passos que vão ajudar na sua trajetória para ser uma profissional bem-sucedida.

1 – Escreva as suas metas: colocar no papel as suas metas é uma excelente forma para mantê-las em mente com foco e determinação. Ao fazer isso, aproveite para desmembrar cada objetivo em estratégias de ação. Por exemplo: se daqui 3 anos você pretende projetar uma carreira internacional, uma primeira decisão, a curto prazo, pode ser matricular-se em um curso de inglês.

2 – Defina o seu sucesso: o que é sucesso para você é diferente da visão de sucesso de outra pessoa. Por isso, trilhe o seu caminho tendo diferentes histórias como referência, não como verdades absolutas.

3 – Busque qualificação: estude sempre para ir além! E não precisa ser uma graduação, pós ou algo assim. Mantenha o hábito da leitura, pesquise temas relevantes para a sua área profissional e esteja por dentro de novidades e lançamentos do mercado. Uma boa dica para isso pode ser separar 20 ou 30 minutos diários, sempre no mesmo horário, como um hábito. Além disso, invista em treinamentos pessoais que podem ajudar no desenvolvimento de qualidades pessoais que podem fazer a diferença na sua carreira.

4 – Reconheça as pessoas: é impossível criar ou desenvolver um projeto sem contar com outras pessoas. Afinal, muitas vezes nosso trabalho é justamente com ou para os outros. Ter uma rede de apoio é fundamental e vai fortalecer você. Nas relações profissionais, saiba ouvir os outros e reconhecer quem contribui e se esforça diariamente para o crescimento do negócio.

Seja qual for a sua definição de sucesso, ela pode estar ao seu alcance. Acredite em você! Ser uma profissional bem-sucedida vai além de cargos, salários e de uma posição de liderança. Está dentro de você e em como você se sente pessoalmente e profissionalmente.