Browsed by
Categoria: Liderança

Carlos Wizard: Uma trajetória de Sucesso

Carlos Wizard: Uma trajetória de Sucesso

Toda trajetória de sucesso, começa em algum ponto, e com Carlos Wizard não foi diferente. Se hoje é um dos grandes empresários brasileiros é porque sempre teve em seu caminho uma liderança forte. Hoje vamos conhecer o caminho trilhado por este grande empreendedor, até o reconhecimento atual. Nascido em Curitiba, Carlos foi estudar inglês nos Estados Unidos aos 19 anos e no ano de 1987 em Campinas fundou a escola de idiomas que carrega o seu sobrenome, a Wizard. Carlos é notadamente um empresário agressivo e fez dessa característica o seu principal condutor para a escalada de sucesso da escola. Adquirindo outras redes de ensino como a Yazigi, Microlins e Skill, formou o Grupo Multi Educação. Em 2013 o grupo foi vendido para a britânica Pearson, por 2 bilhões de reais, considerado uma das maiores negociações do setor de educação no Brasil.

Antes de vender o grupo de educação, Wizard passou a atuar também no mercado de cartões pré-pagos com a fundação da Vale Presente em 2011. Após a venda das franquias, Carlos só voltou ao mercado em 2014, quando adquiriu por meio da Sforza (uma private equity familiar que investe em negócios com alto potencial de crescimento nos mercados de varejo e esportes, tanto no Brasil quanto no exterior) a Mundo Verde, a maior rede de produtos naturais da América Latina.

Um grande líder sabe muito bem formar alianças de valor e com Wizard não foi diferente. Aliado ao pentacampeão Ronaldo Fenômeno, criou uma rede de escolas para crianças e jovens, a Ronaldo Academy. Ainda investindo no setor esportivo, Carlos anunciou a compra de 100% das operações da Topper e Rainha, fundando a BR Sports. Diversificar é um ponto onde o líder de sucesso deve sempre estar atento, em 2016, Wizard trouxe para o Brasil a conceituada rede de fast-food de comida mexicana Taco Bell.

A família é sempre um pilar para um grande líder e com Wizard não é diferente, em 2017, junto com as suas filhas Thais e Priscila Martins anunciou um novo empreendimento: A Aloha Olis, que venderá óleos essenciais e cosméticos exclusivamente via Internet e vendas diretas.
Sempre mantendo boas parceria, Wizard mostra que as vezes devemos voltar às origens e 3 anos após vender o Grupo Multi, Carlos Wizard se associou ao empresário Flávio Augusta Silva e investiu cerca de R$ 200 milhões na aquisição de 35% da rede de escolas Wise Up. Marcando o seu retorno ao ramo que lhe garantiu o sucesso.

Além de ser um grande investidor e empresário, Carlos Wizard passa seus conhecimentos adiante, como todo líder deve fazer. Wizard é autor do Best-Seller “Desperte o milionário que há em você”, publicado no Brasil, Europa, Estados Unidos e China. Também tem outros livros publicados e viaja o Brasil dando palestras e distribuindo o seu conhecimento.

Esta semana você conheceu o perfil de sucesso de Carlos Wizard, no próximo post passaremos alguns dos ensinamentos deste grande líder para você se inspirar e chegar no topo.

Papa Francisco: Um líder inspirador

Papa Francisco: Um líder inspirador

O Papa Francisco tem sido tratado por muitos como um grande líder, não só para os fiéis da igreja católica, mas para todos aqueles que se interessam por sua personalidade. Argentino, torcedor fanático do time de futebol San Lorenzo, Francisco assumiu o papado, quando Bento XVI abdicou do cargo em 28 de fevereiro de 2013.
Papa Francisco já teria um papado histórico por ser o primeiro latino-americano, também foi o primeiro a utilizar o nome Francisco (Nasceu como Jorge Mario Bergoglio).

Mas porque o Papa Francisco pode te ensinar valiosas lições de liderança? Separamos 10 pontos que fazem do Chefe do Estado do Vaticano uma referência.

Papa Francisco

Transparência
A igreja possui diversos pontos em que poucos Papas tocaram no assunto, Francisco não foge da raia quando o assunto é espinhoso. Isso é uma característica fundamental para qualquer gestor, ser transparente significa manter a credibilidade.

Generosidade

Os holofotes do mundo estão virados para Francisco, mas ele sempre se colocou em igualdade com seus fiéis. Dar espaço para seus liderados e trabalhar em equipe são fundamentais para qualquer grande líder.

Participação

Francisco não é apenas uma figura dentro do Vaticano, além do trabalho de gabinete, vai as ruas, visita o povo, está sempre próximo de seus fiéis. O líder que quer ter êxito deve pôr as mãos na massa e ser um exemplo positivo para seus liderados.

Proximidade
O Papa Francisco não é o primeiro, mas o fato de descer do carro e ir cumprimentar os fiéis, faz o seu carisma ir lá nas alturas. Um gestor não deve só falar que as portas estão sempre abertas, mas de fato estar disponível. É preciso demonstrar interesse pela equipe.

Coerência
O Papa escolheu o nome “Francisco” em homenagem a São Francisco de Assis, em referência a sua simplicidade e dedicação aos pobres, ele não só prega os ensinamentos, como também prática. Um líder não pode só falar, mas também demonstrar na prática aquilo que ele está falando.

Objetividade

Seja direto, use palavras fáceis, mensagens diretas e foco na solução.

Motivação
O Papa Francisco trabalha muito bem o emocional das pessoas. Através de sua fala ele leva entusiasmo aos fiéis. Um bom líder sabe como manter a motivação dos seus liderados em alta e usar isso em prol dos seus negócios.

Referência
A imagem que o Papa passa para seus seguidores é de uma pessoa íntegra, isso aumenta o número de fiéis que acredita na sua liderança. Um bom gestor é referência para seus colaboradores e precisa ter uma boa imagem perante os seus liderados.

Inspiração

Quando o líder inspira a sua equipe, ela cresce. Uma equipe inspirada gera mudanças, eleva o empreendimento para outro nível.

Autocracia
O Papa Francisco mostra que existem momentos que é necessário ter pulso firme. Todo líder deve pensar assim, ás vezes é necessário tomar as rédeas e determinar papéis.

Grandes líderes podem nos ensinar a sermos líderes melhores, o Papa Francisco é um. Independente de religião, é uma grande pessoa para se admirar e seguir seus exemplos.

Séries: Confira 5 dicas para inspirar sua liderança

Séries: Confira 5 dicas para inspirar sua liderança

Em entrevista para a Exame, Eduardo Mendes, sócio da Master Mind Brasil indicou cinco séries disponíveis na plataforma Netflix que podem servir de inspiração para líderes, seja pelo exemplo ou pela falta dele.

Você pode conferir aqui no nosso blog, outras dicas para ser um ótimo líder! E para mais informações sobre a Master Mind, acesse nosso site.

As cinco séries indicadas

Game of Thrones: As lições de George R.R. Martin

Game of Thrones: As lições de George R.R. Martin

Um dos maiores sucessos da televisão é a série Game Of Thrones no HBO, baseada na obra literária de George R.R. Martin, ela trata da disputa pela soberania dos Sete Reinos, além de enfrentar os White Walkers, inimigos que vivem além da muralha de gelo. Os fãs da série já perceberam que uma das características centrais é a liderança e nesta reta final, essa característica está centrada em 3 personagens: Cersei Lannister, Jon Snow e Daenerys Targaryien, mas calma lá, se você não conhece a série, ainda assim pode ter muito a aprender com esses três. E se você é fã, talvez o texto tenha alguns spoilers, então é por sua conta e risco, mas garantimos que serão ótimas lições.

  1. Seja o protagonista: A Cersei passou boa parte de Game of Thrones nas sombras de alguém, ela sempre foi a número 2. Muito das ideias e decisões que ela poderia tomar acabavam sendo freadas pois a caneta sempre estava na mão de outra pessoa. Então, você tem que deter a caneta, só assim você conseguirá mostrar todo seu potencial e onde você chegará.
  2. Seja quem você é e não tenha medo disso: Cersei é um personagem extremamente controverso no universo criado por George R.R Martin, muitos amam, muitos odeiam, muito por suas decisões e relacionamentos ao longo da história, mas uma das verdades é que a personagem só cresceu na série quando assumiu quem era e isso pode ser importante para você: não crie máscaras, assuma suas decisões e não tenha medo disso.
  3. Sua reputação é importante: Jon Snow é o líder da Patrulha da Noite, já morreu e renasceu, mas a sua reputação é irretocável, seus liderados o respeitam por isso, seus inimigos acabam se curvando ao conhecer suas características. Seja uma pessoa honrada, isso fará com que seus seguidores acreditem mais em você.
  4. Baseie suas decisões em valores: Jon só chegou onde chegou, pois, todas as suas decisões são baseadas em valores que as pessoas podiam reconhecer e admirar. Mesmo quando ele erra, todos reconhecem o porquê da decisão e não perde a admiração dos seus liderados. Então, pense bem antes de tomar uma decisão, pense no que você acredita e guie sua decisão por isso.
  5. Você sempre precisará de aliados: Jon é capaz de tomar ótimas decisões baseado naquilo que acredita, além disso sempre se cercou por pessoas poderosas ou que poderiam compensar as suas fraquezas, mesmo tendo a possibilidade de assumir o trono, Jon só conseguiu chegar onde chegou por ter ótimos aliados. Então, pense sempre em quem você quer na sua volta, no caminho para o sucesso, eles podem fazer a diferença.
  6. Não HESITE: Muita gente morreu por Jon tomar decisões lentas (inclusive ele mesmo) e isso pode ser fatal para a sua liderança! Ao tomar decisões não hesite, encare, planeje e tome a melhor decisão!
  7. Mais estratégia, menos força: A mãe dos Dragões em Game of Thrones, Daenerys, é um dos personagens mais intensos da série, mas ela só conseguiu crescer e focar nos objetivos quando se aliou a Tyrion Lannister, um estrategista nato. Então, organize-se, projete o futuro, pense e assim o sucesso será só uma questão de tempo.
  8. Não tenha medo de usar o seu poder: Daenerys usa seus dragões de forma absoluta, ataca sem medo e isso coloca ela como uma forte concorrente ao trono. Saiba que o poder traz responsabilidade, mas abdicar disso pode determinar o seu fracasso. Um grande líder é capaz de engajar, alinhar os esforços e fazer com que as pessoas cooperem entre si. O líder faz o grupo crescer e o sucesso chegar.

Como em Game Of Thrones, o sucesso não vai chegar de graça, você terá que lutar por ele, seja protagonista de grandes conquistas, enfrente seus pontos fracos, procure grandes aliados e o caminho para o sucesso começará a ser trilhado.

Como conquistar seu primeiro cargo de liderança

Como conquistar seu primeiro cargo de liderança

A maioria dos profissionais almeja crescer na empresa, realizar novas atividades, coordenar uma equipe e ter um aumento salarial. Estima-se que idade média para conquistar um cargo de liderança é aos 28 anos, quando já se tem experiência no ramo e capacidade de influenciar grupos.

Já passou dos 28 anos e ainda não conquistou seu primeiro cargo de liderança? Pode ser que seja necessário mudar as suas atitudes dentro e fora da sua empresa.

 

Separamos algumas dicas para que você possa conquistar o seu tão sonhado espaço dentro da empresa

 

Master Mind RS

 

Você sabe quem é você?

Para começar a liderar primeiro é preciso se reconhecer. Saber quais são suas capacidades, seus limites, isso é fundamental para que você atinja seu objetivo. Buscar o autoconhecimento é importante para você determinar o ponto da sua vida em que você está e onde você quer chegar. Com isso você percebe o tamanho do espaço que você precisa completar para chegar onde quer.

 

Saiba como escolher

Após saber quem você é, o próximo passo é saber como fazer as suas escolhas. Um grande líder sabe as batalhas que deve lutar, isso se aplica a você também, você deve abandonar aquelas oportunidades que não dizem nada a respeito à você ou que você não acredita suficientemente nela. Se você entende onde se encaixa, será mais fácil para conquistar a sua primeira liderança.

 

Aprenda a perder

Você não pode desistir quando a sua carreira lhe impor dificuldades. Quando você escolhe a oportunidade que você acredita e que faz seus olhos brilharem não significa que tudo serão flores. Quanto mais alto você cresce, mais dificuldades aparecerão no caminho. Quando você superar os problemas é importante aprender com eles, para em caso da situação se repetir, você já sabe como vai lidar com ele lá na frente.

 

Qual a sua imagem perante aos outros?

As conversas, mesmo aquelas despretensiosas fora do ambiente da empresa, podem impactar diretamente na sua imagem dentro da empresa. Se você sabe como você impacta as pessoas na sua empresa, te ajuda a ganhar credibilidade na hora que as pessoas necessitarem de você, além disso elas confiarão no seu trabalho e nas suas ações. E lembre-se: a gente é o que as pessoas percebem da gente.

 

Inspire-se

Não se feche apenas no seu mundo, todo bom líder conecta-se com as maiores novidades do mundo e as novas tendências da sua área. Normalmente a empresa “suga” a vida do profissional, aqueles que conseguem fugir disso, se atualizar, conseguem se desenvolver mais rápido, se conectar, se inspirar e criar algo novo.

 

Busque apoio, ninguém está sozinho

Você tem questões que lhe incomodam? Dúvidas? Quem é o seu guia? Uma boa dica para começar a buscar apoio, é socializar a informação, várias cabeças pensam melhor que uma. Não importa quem vai ajudar você, o importante é ter alguém para te ajudar quando precisar. Um conselheiro é sempre uma boa pedida para te ajudar a crescer.

 

Mantenha sua sanidade mental em dia

Além de alguém para desabafar, um profissional ou um amigo, encontre um espaço ou hobby para descarregar as energias do dia-a-dia. Desconecte-se do trabalho, busque locais onde você possa falar sobre qualquer coisa menos do seu trabalho, não importa o hobbie, ou o local, o importante é que você possa ter um tempo para você e que esqueça os problemas da sua rotina.

 

Você nasceu para ser líder?

Normalmente as posições de líderes dentro de uma empresa são as melhores remuneradas e mais reconhecidas, mas também é possível conquistar essas características sem ser o grande chefe da sua empresa. O caminho que você percorrer vai deixar você em uma posição de influência. Você ser tão bom no que faz, você conseguirá influenciar os outros.

 

Conquistar a primeira liderança da sua vida é um processo bastante lento, mas que você pode acelera-lo pondo em prática algum dos conceitos que ensinamos aqui, no nosso blog tem outras dicas importantes para você ser o líder que quer ser e mudar o rumo da sua vida.

fonte: Época Negócios

 

Liderança ultrapassada? Você pode mudar isto!

Liderança ultrapassada? Você pode mudar isto!

Como anda o seu estilo de liderança? Está conseguindo atingir toda a sua equipe? O seu time compra as suas ideias com facilidade? Ser considerado um grande líder, exige estar sempre se atualizando e se reinventando de acordo com as necessidades da empresa e o avanço da tecnologia. É importante perceber que é hora de mudar antes que seja tarde demais. A Forbes listou cinco sinais que servem como alerta para todos líderes.

 

Você está ultrapassado?  Confira características que podem estar atrapalhando o seu estilo de liderança

 

Master Mind RS

 

Decisões ruins: A primeira coisa que você deve fazer é questionar se as suas decisões são boas ou ruins, um bom método para saber isso, é perceber se a sua equipe questiona com frequência suas definições. Outro fator que pode afetar sua liderança, quando as decisões são ruins é o fato de que sua carreira está em desacordo com a empresa, pode ser que suas decisões não são motivadas pelo proposito correto.

Perder o entusiasmo: A medida que se cresce na carreira, muitos líderes costumam deixar para trás aquilo que os motiva. Um grande líder precisa aventurar-se, se expor, enfrentar as dificuldades do caminho sem perder o entusiasmo. Você deve parar de culpar inúmeros fatores quando você vê que as coisas não estão mais andando de acordo com o que você pensa e chamar a responsabilidade para si.

Esquecer as pessoas que te rodeiam: Um grande líder deve inspirar seus liderados. Um dos maiores defeitos de líderes que perdem o seu grupo é preocupar-se apenas com si mesmo. Se você demonstra que apenas se preocupa com a sua carreira e onde vai chegar, é hora de ligar o sinal de alerta, quando um colaborador percebe que o líder não olha para sua equipe, é desmotivador e isso tende a refletir na produtividade dele.

Não atrair pessoas: Simpatia é a palavra chave para ser um grande líder. Além disso é importante que todos os líderes sejam acessíveis e transmitam confiança aos subordinados. Qual é a reação das pessoas quando você chega no ambiente de trabalho? Se ela for de irritação ou falta de animação, preocupe-se, talvez seja hora de rever seus conceitos de trabalho.

Esquecer de se reinventar: Como você reage a toda e qualquer mudança? Se você tem medo de mudar, provavelmente tem dificuldade de rever seu comportamento. O mundo muda a todo instante e é preciso que você acompanhe essas mudanças, caso contrário você poderá ter uma curta passagem na liderança da sua empresa. Você deve ter humildade pra perceber que o seu estilo já não está funcionando mais e que os resultados não são os mesmos.

Caso você perceba alguma dessas características no seu estilo, é imprescindível que você ligue o alerta e tente aos poucos mudar o jeito como você lidera o seu time. Um gestor que não consegue rever o seu jeito de liderar dificilmente vai conseguir tirar sua equipe do buraco.

 

Características em comum dos grandes líderes

Características em comum dos grandes líderes

Você sabe qual é a característica dos maiores líderes empresariais do mundo? Steve Jobs, Mark Zuckerberg, Jeff Bezos, Elon Musk, Warren Buffet, Richard Branson, são grandes líderes e todos possuem algumas características em comum e você pode aprender elas. Confira quais são essas características e aprenda a exercitá-las.

1- Decisão – Suas decisões tem que ser rápidas e claras, normalmente elas funcionam melhor do que quando você fica remoendo uma decisão até chegar a perfeição. Ouça aqueles que estão próximo de você. Os grandes líderes tomam decisões com convicção e velocidade.

2- Impacto – Você pode SER um grande líder, mas se você não conseguir atingir e atrair os seus liderados você não obterá sucesso. Sempre deixe claro para seus colaboradores que eles fazem parte do processo e que dividirão com você os louros da vitória.

3- Adapta-se – Poderíamos simplificar essa característica com apenas uma palavra: visionário. Os grandes líderes foram aqueles que conseguiram prever e moldar o futuro. Aprenda com o fracasso, pense no amanhã e aprenda a como passar isso para a sua equipe.

4- Cumpra suas promessas – Cumpra seus objetivos de forma confiável e consistente. Alguns líderes falham em não conseguir cumprir até as promessas mais simples, é da natureza do ser humano buscar um ambiente seguro e confortável. Isso não significa que você não deva arriscar, arrisque mas não esqueça de que o básico também tem que ser feito com eficiência.

Essas são características em comum de grandes líderes empresariais e você pode exercitá-las e chegar ao sucesso alcançando. Conhecer o que grandes líderes falam e pregam e suas metodologias é extremamente importante mas você não deve se apegar só a isso, é importante qualificar-se, descobrir como o seus liderados trabalham e como eles se sentem em relação a você e ao trabalho, somando esses fatores a suas chances de acertar serão maiores que as chances de falha.

 

fonte: Época Negócios

Inovação: Os desafios dos líderes do século XXI

Inovação: Os desafios dos líderes do século XXI

Em um mundo cada vez mais plural e em constante evolução, criou-se a necessidade de um novo tipo de líder. Um líder que promove uma nova forma de colaboração e é capaz de formar novas equipes e motiva-los. Segundo a professora de liderança e inovação de Harvard Amy Edmondson “Não se pode resolver desafios impossíveis sem liderança e inovação”. Amy elenca 3 capacidades que um líder que quer promover colaboração e inovação na sua equipe.

 

 Confira as dicas da professora de Harvard para promover Inovação e Colaboração na sua Equipe

 

Master Mind RS

 

  • Mentalidade de Equipe – A primeira coisa que um líder que quer promover a inovação na sua equipe é fazer como que sua equipe esqueça da competição entre os colaboradores. É importante afastar a mentalidade de que o sucesso de um dos colaboradores depende do fracasso de outro.
  • Aprender com os erros – Um bom líder cria espaços para que seus colaboradores possam aprender com seus erros, os chamados “fracassos inteligentes”. Os colaboradores não podem ter medo de fracassar e eles precisam socializar a informação para promover a colaboração entre a equipe e que não repitam os mesmos erros.
  • Promover a diferença de ideias – Um dos desafios de um líder é assegurar que os seus liderados possam opinar e debater ideias em grupo sem se sentirem humilhados ou que possam vir a ser punidos por manifestar as suas ideias. No momento que uma equipe não oferece contrapontos, ideias diferentes, sugestões ou críticas, cria-se uma bolha onde é difícil promover a inovação, a colaboração e até mesmo antever problemas.

Um líder que conseguir prover essas atitudes de sua equipe conseguirá atingir o sucesso necessário. Mas também é preciso que o líder possua características semelhantes às que está propondo como: ser acessível, pedir opiniões ativamente e saber como gerenciar o psicológico do seu time.

Fonte: Época Negócios

Crise: Siga Os Grandes Líderes

Crise: Siga Os Grandes Líderes

Em tempos de crise é importante observar aqueles que passaram por momentos difíceis e conseguiram contornar as situações adversas. Martin Luther King, Mahatma Gandhi, Napoleão Bonaparte, Júlio César, Alexandre – O Grande, são 5 grandes homens da nossa história e que em determinado momento se depararam com uma crise e souberam enfrentá-la de frente, lidaram com as adversidades e chegaram ao sucesso, conquistando uma legião de admiradores pelo mundo.

 

Mas o que esses grandes líderes tem em comum?

 

Master Mind RS

 

Ao se deparar com uma recessão, todo grande líder é movido por apenas um sentimento: coragem. Os seus liderados esperam que você tenha coragem para enfrentar qualquer instabilidade ou obstáculo que possa aparecer no seu dia a dia. A sua equipe será o seu apoio quando eles perceberam que você é autêntico, determinado, coerente, humilde e administra as suas emoções.

 

O que você não deve fazer durante uma crise

 

Master Mind RS

 

Distanciar-se: Permaneça perto da sua equipe, esteja presente, quando você é próximo dos seus liderados, você consegue motiva-los e engaja-los nos projetos que ajudarão a sair da crise. Nunca se esqueça, um líder deve liderar também pelo exemplo, isso fará com que você se aproxime dos seus colaboradores.

Não ser transparente: Seja direto, jogue limpo, não abra mão de ser realista, una a sua equipe e tranquilize-os, isso transmitirá credibilidade ao time e fará você como uma referência digna de ser seguida.

Terceirizar a culpa: Não procure culpados quando você se deparar com um problema, procure compreender a origem da crise e administra-la da melhor forma. Terceirizar a culpa pode fazer com que seus colaboradores percam a confiança em você.

Isolar-se: Ficar sozinho nunca é a melhor solução, socialize as suas ideias. Quando você compartilha o que você pensa e acredita, seus liderados acreditam mais em você. Lembre-se: várias cabeças pensam melhor que uma.

Fonte: Exame.com

Liderança: Confira 5 dicas do Técnico da Seleção Brasileira

Liderança: Confira 5 dicas do Técnico da Seleção Brasileira

Multicampeão pelos clubes que passou, Tite agora tem o desafio de agradar uma das torcidas mais fanáticas no futebol mundial, a torcida da seleção brasileira. O então técnico da seleção canarinho além de estudar nas grandes potências do futebol mundial tem a liderança no seu sangue. Confira com a gente cinco dicas dessa personalidade do esporte brasileiro, que também podem ser aplicadas nos seus locais de trabalho.

 

Confira as dicas de liderança do técnico Tite

 

Master Mind RS

 

Convencer em vez de mandar

O técnico não crê em imposições, ele admite que uma pessoa só aceita aquilo que ela acredita ou é convencida a acreditar, ela poderá até fazer a tarefa, mas logo cansará e deixará para depois, um dos fatores primordiais para uma liderança de sucesso é fazer com que seus liderados acreditem nas suas decisões.

 

Egos sadios, passes certos

Broncas ou correções são parte da atividade de um líder. Mas é necessário respeitar alguns códigos. Um exemplo disso é meio do futebol, os jogadores não aceitam que os problemas internos sejam expostos em público. Isso pode ser um erro fatal para a sua liderança.

 

Lealdade como princípio

Confiança é essencial para uma boa liderança e para qualquer grupo funcionar. Um líder precisa praticar exatamente aquilo que ele prega.

 

Nada de nhe-nhe-nhem

Os boleiros tem muito preconceito com treinamento, mas para o técnico Tite, é fundamental treinos de alta intensidade e nível de concentração. O treinador ressalta que os seus liderados devem ser capazes de tomar decisões e não apenas fazer aquilo que já sabem. Fazer com que sua equipe mantenha um alto nível, é uma atitude capaz de transformar uma liderança.

 

Força nas pernas e na mente

No futebol uma equipe além de ter físico para conquistar as suas vitórias, deve observar a capacidade de concentração dos seus jogadores. Para Tite é fundamental que um líder consiga manter o grupo focado durante as suas atividades.

 

É imprescindível que um líder seja um bom exemplo para os seus liderados e também caminhe junto com a sua equipe para conseguir resultados mais promissores. Agora que você já conhece os conceitos de liderança do Técnico Tite, aprenda a importância de uma comunicação eficaz.

Fonte: Época Negócios